quinta-feira, 30 de julho de 2009

Falando em atores britânicos...

Jude Law - e olha que eu não gosto de loiros, mas esse... Ai, ai, ai!!! Nada a declarar, só um suspiro longo e deslumbrado (risos!)




James McAvoy - essa carinha linda de bebe que ele tem para mim não tem igual!

Clive Owen - E para quem não gosta de carinha de bebe, uma versão mais madura. Gente, ele também é muito lindooo!!!
Orlando Bloom... - E para quem não gosta de olhos claros (jura!!!) um dos meus piratas do caribe preferido. Se bem que eu também amo o Johnny Deep...


Eles não são um charme???

Filme: Os Delírios de Consumo de Becky Bloom - ameiiii!!!

A Becky é super maluquete! Ela fala muita besteira e faz muita besteira, e é super engraçada. Gente, eu cheguei a ficar com vergonha por ela em algumas cenas (risos!), ela é espontânea ao extremo, mais do que muitas crianças. Adorei!!!

Ah.... Mais o melhor de tudo... O Luke!!! O Hugh Dany é tão charmosooooooooooo!


Claro que eu fui no google levantar a ficha do ator, por que para mim ele é a melhor coisa do filme. E logicamente ele tinha que ser britânico! Não sei se sou só eu que penso assim, mas para mim os ingleses são os atores mais charmosos da face da terra.

Então tá... ele nasceu em 19 de junho de 1975, isso quer dizer que ele é do signo de gêmeos e que tem 34 aninhos recém feitos!!!

E para finalizar:


A cena em que eles se conhecem! A garota da echarpe verde desesperada para comprar a sua echarpe verde. Ah.... Vai dizer que ele não rouba a cena? Olha a carinha fofa dele no fundo -

Pausa nas leituras

Gente fiquei 1 semana sem meu computador por causa de um vírus!!! E acho que nessa semana li uns seis livros, eu juro!!!
Li uns três livros de banca que eu comprei num sebo, dois bem fininhos que eu leio em uma ou duas horas, e um mais grossinho da Miranda Lee. Quando eu chegar em casa - estou trabalhando agora!!! - venho aqui colocar os nomes dos livros. Eu confesso que tenho escolhido os livrinhos de banca pelas autoras, por que tem cada livro ruim. Ah, sempre ouvi falar da Emma Darcy, mas não gostei muito do livro dela que eu li....
Também li um fininho da Danielle Stell que também não gostei muito...
Mas os Luxúrias salvaram a minha semana!!!
Depois venho aqui colocar os nomes dos livros que eu li nas últimas duas semanas, os que eu gostei e os que eu não gostei.
Agora vou dar uma pausa nas leituras e vou escrever um pouco (meu computador voltou!!!) e também vou ver uns filmes que eu comprei. ESTOU MUITO FELIZ, POR QUE FINALMENTE ACHEI E COMPREI (POR 12,99) O FILME DIÁRIO DE UMA PAIXÃO!!!
COMO JÁ VIRAM, EU SOU VICIADA EM ROMANCES!!! Ah, e por falar em romace, eu sou super apaixonada pelo meu Fred e dia 28, há dois dias, fez 8 anos que estamos juntos!!!
***
Então, ai está a listinha.
Últimos livros que eu li, além de Luxúria:
De bancas:
- Fuga Alucinada - Lynne Graham
Adorei!!! O Duarte é machão, mandão e apaixonante, como todos os personagens da Lynne Graham. Mas essa história é um pouco diferente das outras primeiro por que eles já são casados e o livro conta algumas dificuldades do relacionamento e depois por que a mocinha não é tão inocente como todas costumam ser. Ótima diversão, no meu conceito.
- Miranda Lee:
- Convite ao Prazer
- Procurando Você
- Uma Preciosa Conquista.
Todas boas, a Miranda Lee é ótima.
De livrária: (o oposto de livros de bancas são livros de livraria?)
- Mergulho no Escuro - Danielle Steel
Outro curtinho e barato que eu comprei num sebo. Sinceramente, não gostei muito. Dá para ler, mas não acrescenta muita coisa e a gente fica com muita raiva da personagem. É o tipo de livro que quando acaba a gente fica com a sensação de: "Tá, e daí?"

segunda-feira, 27 de julho de 2009

Luxúria Dois - Judith Krantz - nota 10

Eu juro que estou tendo um ataque aqui, uma crise de nervos, e não me lembro de nenhuma escritora ter feito isso antes comigo!!!
**
Tudo começou quando eu li a sinopse, não vou transcrevê-la toda, pq é muito grande. Eu estava voltando do trabalho, trancada no trânsito, e então resolvi espiar o livro. E só essas poucas frases bastaram para mexer comigo:
"Luxúria Dois tem início um dia após o término do primeiro e nos traz uma Billy radiante com a consagração de seu marido, o produtor cinematrográfico Vito Orsini, na festa do Oscar. Mas sua felicidade começa a ruir aos poucos, com uma sequência de descobertas que lhe revelam o verdadeiro caráter de Vito..."
**
NÃO, NÃO, NÃO! ELE PARECIA PERFEITO!!! O livro acaba e a gente tem aquela tendência de sempre de achar que tudo terminaria perfeito, e que todos seriam felizes para sempre...
**
E se todas as escritoras resolvessem escrever uma continuação de seus livros (como essa fez, 14 anos depois!!!) será que todos os nossos amores perfeitos mostrariam sua verdadeira cara??? AHHHHH!!!! Estou com raiva!!! E nem sei de quem!!! Se da Judith ou do Vito!!!
**
Tudo bem! Cheguei em casa depois das 19 horas, agora são 22h, e eu já estou na página 76... Apesar de quase não ter tempo durante durante a semana, confesso que leio rápido, ainda bem!!! Por que eu estou me remoendo aqui!!! Estava com vontade de gritar e tive que espiar a última página de tão ansiosa e GENTE!!! ELA FICA COM ELE!!! JUSTO COM ELE QUE É TÃO PERFEITO!!! MAS COMO??? COMO FOI QUE ISSO ACONTECEU??
**
Já viram o meu estado de nervos, não é??? Bom, tenho apenas mais de 400 páginas para descobrir o que foi que aconteceu....
Essa escritora vai me matar!!! Realmente, ela é a minha escritora preferida agora!
****
Ainda estou lendo... Realmente, o principe Vito virou sapo, mas o verdadeiro principe (que eu não vou dizer quem é, mas que eu amooo desde Luxúria) nunca perdeu a majestade. O problema é que ele saiu para velejar e não volta nunca. Revolta: Volta logo!!!
****
Ahhhhhhhhhhhhhhhhh! Acabei de ler ontem! Muito bom, mas me deixou com gosto de quero mais!!!

Mais Judith Krantz!!!

Gente, ela agora é a minha escritora preferida!!! Só li dois livros dela, mas virei super-ultra fã!!!
Sabe aquele tipo de livro que quando acaba a gente fica com uma sensação de UAU!!!?

Agora acabei de comprar mais dois:
- Luxúria Dois - 15 reais no sebo


- New York, New York - 10 reais no sebo

Assim que eu ler, venho aqui comentar.
Agora vou trabalhar...

domingo, 26 de julho de 2009

Hugh Jackman - Kate and Leopold - 2001


Já que o Hugh Jackman está liderando a pesquisa - primeiro lugar disparado - eu vim aqui colocar umas fotinhos dele no meu filme preferido com ele.

Que beijo!!!

MEU DEUS!!! Não tem como não se apaixonar por ele! Tão gentil, tão atencioso, tão charmoso...
Olha, eu até acho que o Hugh Jackman está mais mais bonito no filme Austrália, mas como eu tenho uma queda por lords ingleses (como o MR. DARCY!) do século XIX, ainda fico com o Leopoldo. - :D

Chapeuzinho Vermelho


Sim, voltei, quis expressar a minha revolta!

Hoje pela manhã interrompi meu sono de beleza às 8:30 para levar meu irmão e meu afilhado ao teatro. Quem me conhece sabe que domingo é sagrado pra mim, tem gente que vai a missa, outros visitam os pais ou avós, e por aí vai. Eu não faço nada disso com a frequencia religiosa com que eu deveria, por que pra mim, domingo é dia de dormir! - até o meio dia no mínimo!

Maaaaaaaaas, como eu sou uma aristocrata benevolente, uma irmã amorosa e uma madrinha presente (!!!!) fomos ao teatro.

Chegando lá uma fila pra comprar ingresso e outra pra entrar. Crianças, babás e mães no sol do lado de fora porque não cabia todo mundo no Hall. Me assustei, que porra é essa? Esse monte de gente pra assistir uma peça com atores locais que está em cartaz todos os domingos? =O Enfim... fui pra fila comprar as entradas...

Abrem-se as portas de vidro que dão acesso ao teatro em si, meu coração fica partido, a mulher da portaria barra os copões de pipoca! Tudo bem que eu não tinha comprado, acho um absurdo pagar R$2,50 num copo de pipoca fria cheia de gordura quando o saquinho de milho custa bem menos [Não, não sou mão de vaca e no Shopping é o dobro do preço] Mas quando vi os pequenos tendo que jogar a pipoca fora fiquei morrendo de dó! Aquilo pra criança é o fim! Cara, custa colocar um aviso do lado de fora avisando que é proibido entrar com qualquer alimento e bebida? Evitava tamanha frustração. Mas tudo bem, entramos e ocupamos nossos lugares.

Tempo vai, tempo vem... Quando dou por mim o teatro está lotado! Comentei com a minha comadre que também se surpreendeu. Explico:

Eu amoooo teatro, acho uma experiência divina! Sempre ia quando pequena, mas o teatro da minha cidade passou anos fechado, e só agora foi reformado e reaberto, traduzindo, muuuuita gente mesmo ainda não tem aquela cultura de frequentar o teatro, não entendem algumas regras básicas de convivência e educação num ambiente daqueles e tals... Por isso ficamos tão surpresas, fiquei feliz com o incentivo daqueles pais que levavam os filhos ao teatro desde pequenos, já que tinha crianças de todas as idades. Lembrei do meu padrinho lindo que sempre fazia esses programas comigo! =]

Porém.... [cheguei na parte do babado]
Porém as crianças não pararam de gritar um segundo sequer! Tudo bem que tem aquelas peças interativas e tals, onde o público participa, mas p***a, a de hoje não era o caso. Pra onde o lobo corria lá se vão milhares de crianças gritando e apontando pra um caçador [desesperado, tentando falar e sem conseguir] a direção onde o meliante tinha seguido. E por aí vai.
E pra quem estava com crianças educadas [EU] foi pior, porque eles queriam ouvir os atores e não conseguiam! Mereço?
Nesse momento minha felicidade foi por água abaixo, esses pais não estão contribuindo com a cultura desses pequenos de forma alguma, se não teriam mandado calar a boca e prestar atenção ao espetáculo. Humfp!

Mas pelo menos as minhas crianças lindas, maravilhosas, cheirosa e educadas gostaram, embora tenham reclamado da gritaria desnecessária, e eu dormi grande parte da tarde do domingo pra me recuperar das horas de sono perdida e da gritaria!
Aí, procurando uma foto pra esse post achei essa chapéuzinho totalmente depravada que me encheu de idéias malignas! [risada do mal]! Nada a ver com a peça de hoje, claro, mas como é um blog adulto vocês com certeza me entenderam! Achei também esse texto bem legal, que trouxe pra vocês, a fonte está no final.

Xêros
=*


"Como seria a história da Chapéuzinho Vermelho nas manchetes das principais revistas e jornais????

JORNAL NACIONAL: (Willian Bonner): "Boa noite. Uma menina de 7 anos foi devorada por um lobo na noite de ontem".
(Fátima Bernardes): "... mas graças à atuação de um caçador não houve uma tragédia".
PROGRAMA DA HEBE: (Hebe Camargo): "... que gracinha, gente, vocês não vão acreditar, mas essa menina linda aqui foi retirada viva da barriga de um lobo, não é mesmo...?."

CIDADE ALERTA: (Luis Datena): "... onde é que a gente vai parar, cadê as autoridades ? Cadê as autoridades ?! A menina ia para a casa da avozinha a pé ! Não tem transporte público! Não tem transporte público! E foi devorada viva. Um lobo, um lobo safado. Põe na tela !! Porque eu falo mesmo, não tenho medo de lobo, não tenho medo de lobo não."
VEJA: "... Lula sabia das intenções do lobo."

CLÁUDIA: "Como chegar na casa da vovozinha sem se deixar enganar pelos lobos no caminho."

NOVA: "Dez maneiras de levar um lobo à loucura na cama."

MARIE-CLAIRE: "Na cama com um lobo e minha avó", relato de quem passou por essa experiência."
JORNAL DO BRASIL: "Floresta: Garota é atacada por lobo". Na matéria, a gente não fica sabendo onde, nem quando, nem mais detalhes.

O GLOBO: "Retirada Viva da Barriga de um Lobo". Na matéria terá até mapa da região. O salvamento é mais importante que o ataque.

FOLHA DE S. PAULO: Legenda da foto: "Chapeuzinho, à direita, aperta a mão de seu salvador". Na matéria, teremos um box com um zoólogo explicando os hábitos alimentares dos lobos e um imenso infográfico mostrando como Chapeuzinho foi devorada e depois salva pelo lenhador.

O ESTADO DE S. PAULO: "Lobo que devorou Chapéuzinho seria afiliado ao PT."

NOTÍCIAS POPULARES: "Sangue e tragédia na casa da vovó."

CARAS: (ensaio fotográfico com Chapeuzinho na semana seguinte) "Na banheira de hidromassagem na cabana da avozinha, em Campos de Jordão, Chapéuzinho reflete sobre os acontecimentos: 'até ser devorada, eu não dava valor para muitas coisas da vida, hoje sou outra pessoa', admite. "
PLAYBOY: (ensaio fotográfico com Chapéuzinho no mês do escândalo) "Veja o que só o lobo viu."

SEXY: (ensaio fotográfico com Chapéuzinho um ano depois do escândalo) "Essa garota matou o lobo!!!"

ISTO É: "Gravações revelam que lobo foi assessor de influente político."

CAPRICHO: "Esse Lobo é um Gato !"

G MAGAZINE: (ensaio fotográfico com lenhador) "Lenhador mostra o machado".

SUPER INTERESSANTE: Lobo mau! Mito ou verdade?

DISCOVERY CHANNEL: "Vamos determinar se é possível uma pessoa ser engolida viva e sobreviver."

Fonte 1 e fonte 2.

Onde encontrar livros em sebos

Ótimo site:
http://www.estantevirtual.com.br/
Tô colocando o link aqui para sempre achá-lo. Depois de ler Luxúria e amar, eu descobri que existe um Luxúria Dois, e graças a esse site já encontrei três sebos em Porto Alegre que tem o livro. Segunda-feira já estou ligando!!!
Acho que vou sair encomendando por sebos - são mais baratos! - todos os livros da Judith Krantz que eu achar.
Feliz da vida por ter achado os sebos!

Judith Frantz - Luxúria - nota 10!

Ontem fui dar uma passada em um sebo - agora descobri três sebos perto do meu trabalho - e nem acreditei quando vi para vender outro livro da Judith Krantz!!! Para quem não sabe, eu acabei de ler um livro da autora que é maravilhoso: Princesa Margarida.
Se em Princesa Margarida a trama gira basicamente em torno da Margarida, com vários personagens coadjuvantes, nesse livro temos três protagonistas que nos envolvem igualmente em suas histórias: Billy, Valentine e Spider.
É engraçado que no início do livro, quando a gente conhece os personagens, temos uma idéia bem diferente deles, e eu confesso que de cara não gostei muito da Billy e da Val. E dessa mesma forma costumamos julgar alguém que mal conhecemos, só pelas primeiras impressões e aparências. Depois, vamos conhecemos tudos sobre eles, seus passados, suas dificuldades, seus medos e o por que de cada um ser da maneira que é. E assim, é impossível não se apaixonar pelos três e torcer por eles!
Ah, eu particularmente adoro seu modo de escrever, principalmente a respeito da linguagem sexual. Adoro que seus personagens gostam de sexo, suas mulheres são liberais e que ela usa termos como pau, foda, trepada e outros com naturalidade, como é raro de ver em livros de romances, sem ficar vulgar. E nesse, temos uma cena de sexo gay. E o melhor de tudo: ela é de 1928, tem a idade da minha vó e escreve assim!!! Adorei! Não imagino a minha avó usando esses termos (risos!).
Nota 10!
E agora vou atrás de Luxúria Dois.

quinta-feira, 23 de julho de 2009

A Proposta! - eu quero ver esse filme.



Gente, eu quero muito ver esse filme, mas por causa dessa maldida Gripe A meu marido não quer mais ir no cinema...
Aliás, foi tentando ver esse filme num link que um video do you tube indicava, que eu baixei um vírus no meu computador...
Alguém já viu?
Ah! Outro que eu quero muito ver é o novo do Gerard Butler (acho ele lindoooo!) com a Katherine Heighl - The Ugly Truth.

Dica de filme: A mulher do meu melhor amigo

Eu vi ontem a noite e achei bem bom.
O Marcos Palmeiras tá super fofo no filme, e olha que eu nem sou muito fã dele. Ah, logo no início, nas primeiras frases que ele fala, achei que ele carrega no sotaque de carioca, mas como eu amoooo sotaque de carioca, eu gostei. - :D Se eu não fosse casada com um gaucho, escolheria um carioca, eu acho (risos!!)
Gente, vale a pena ver esse filme. O Tales (personagem do Marcos Palmeiras) é maravilhoso!

Também gostei de ver a Mariana Ximenes morena e fazendo um papel bem diferente de suas tradicionais personagens boazinhas. E vamo combinar: ela fica linda morena também.




Ah, dou nota 8,7 para o filme. Quase nota 9. - :)

Obs: Tales lindo, gostoso e fofo!!!

Finalmente um filme bom, porque eu ando sem sorte ultimamente. Aliás, mais uma dica: passem longe do filme Simplesmente Feliz e Atraidos pela Fama. Eu pelo menos não gostei.



quarta-feira, 22 de julho de 2009

Abusei!


Abusei esse blog!

Pronto, falei! Tô cansada, tô achando tudo um saco e não sei o que postar! E não! Não é TPM.

Quem conhece uma sagitariana sabe que é assim mesmo. Se empolga numa coisa, abusa, cansa, e se der vontade um dia volta. Mas a realidade é que nunca cheguei a me empolgar de verdade com isso aqui.

O ponto é que fui ali tomar um café com leite com pão de queijo no bar da esquina. Quem quiser falar comigo dá uma passada lá.

Ah, alguém me recomenda um livro bom? De preferência me mande logo o ebook? Preciso de algo pra ler, sem nenhum livro por perto eu fico de mau humor. [Perceberam, não é? - e ainda são 9:07 da matina - vai entender!]

Besos entediados.

=*

sábado, 18 de julho de 2009

Mais um livro de banca: Indiscreta - Candace Camp


Eu adorei!!! Só o que eu tenho a dizer é: leia, pq o Benedict é perfeitooooooooooo! É impossível não se apaixonar por ele.
Agora vou procurar o melhor livro da escritora: Escândalo, segundo as dicas na comunidade do Orkut Adoro Romances. Fiquei louca para ler esse livro, mas só achei em e-book uma tradução muito tosca. E se eu ler esse e-book, vou ficar burra. - :D

quinta-feira, 16 de julho de 2009

Princesa Margarida


Acabei de ler hoje e também amei!!!
***
O livro é ótimo mesmo. Os personagens são tão humanas, alguns fazem coisas tão odiosas, mas eu não consegui odiar ninguém, nem mesmo o invejoso do Ram. Na verdade, morri de pena dele, com sua obcessão doentia, e torci para ele melhorar no final.
A Margarida sofre tanto na história, passa por tantas perdas e privações, e assim mesmo encara tudo com orgulho e de cabeça erguida!!! Ela é um belo exemplo para todas nós.
***
E sim! Tem cenas eróticas, mas nada muito rico em detalhe, ou muito chocante. Tem cenas de sexo lésbico, incesto, sedução de menores...
Uma mulher de 32 tira a virgindade de um rapaz de 14 anos, e é uma das minhas cenas preferidas. Achei o máximo quando ele aguentou tudo calado achando que ela estava brincando com ele, e no fim, quando ela permite que ele se mexa, ele se coloca por cima e diz: nunca mais monte em mim! E então, com 14 anos, ele assume o controle!!! Não é o máximo???
***
Aliás, vários homens nesse livro são arrogantes e mandões! O pai da Margarida, o irmão da Margarida, o chefe da Maragarida... e até o PAT! Mas o Pat é um mandão tão carinhoso e fofo... Ai, ai! Lindooo!
***
Outra coisa que eu adorei: quando após uma cena de sexo ela peida!!! hahahahaha!!! Isso mesmo!!! Nunca tinha lido nada assim, e é tão humano!!! Adorei mesmo!
***
Enfim, o livro é antigo, as páginas são amareladas, e a gente só o encontra nos sebos. Mas se eu achei num sebo pelo google, qualquer uma pode achar.
Ah, paguei 15 reais pelo livro, mas vi por 5 reais em outras cidades.
***
Ótima indicação da Indira: também dou nota 10!

terça-feira, 14 de julho de 2009

Dica de leitura: comunidade do orkut - Orgulho e Preconceito Fanfics


Essa comunidade é cheia de histórias ótimas! Vou aproveitar esse espaço para indicar as minha fics preferidas.
Vou começar com as duas primeiras que eu li, uma foi dica da Indira (na época eu nem conhecia ela - ;))
- *Tamanho 44, traduzida pela Darlie
*
- Armadilhas de Cupidos - Ana Lucia:
* Outras preferidas:
- De sonhos e Memórias - Tradução da Rosana:
****
- Mr. Darcy e Eu - da Fátima
****
Vou escolher uma das da Helena - gostei de todas, mas o meu preferido é o carrancudo William:
- Atração dos Opostos - Helena
****
Vou pensar um pouco, mas por enquanto vou postar minhas cinco preferidas aqui. Ah... Outra Vez da Indira seria uma das minhas escolhas, mas ela não está mais na comu. Não é puxa-saquismo, é que eu adoro histórias com cenas picantes - :D E ela é mestre no assunto!
****
ALGUMA SUGESTÃO OU DICA: é só comentar.

Mais Lynne Graham - Agora e Sempre

Ok, confesso que andei lendo muitos livros da Lynne Graham, desde que eu descobri a comunidade do orkut que é cheio de livrinhos dela, mas agora parei!!! Amo livro de bancas, mas mulheres virgens com 25, 26, 27 anos é muito irreal... E as histórias são sempre bem parecidas.

Mas vou indicar aqui outro dos meus preferidos, outro que eu adorei:
http://www.4shared.com/file/28734099/5de915bd/lynne_graham_-_agora_e_sempre.html?s=1


"- Prudence - Nik murmurou com a voz rouca. - Não fique tão preocupada. Não há problema no mundo que eu não consiga resolver.
Ele inclinou-se sobre ela e beijou-a calorosamente. Foi como se uma fonte de energia se rompesse dentro dela. Seu coração disparou e ela se agitou mo se um maravilhoso clímax se acendesse em seu interior, fazendo com que ela conhecesse cada parte de seu corpo. Quando ela acariciou seus seios, ela se contorceu para instintivamente pressionar os mamilos intumescidos contra a mão dele. Ele lambeu os bicos dos seios e ela gemeu com devassidão à medida que ele desfiava todas as suas habilidades para retirar as roupas que ainda restavam sem que ela percebesse.
Quando ele investiu sobre a delicada região no ápice das coxas de Prudence, ela estremeceu. Ele sentiu-se torturado pelo calor úmido do corpo que o recebia. A força da excitação que se seguiu ultrapassou as expectativas dela. De repente, apesar de estar se contorcendo, seu quadril se levantou da cama conforme ele provocava o ponto mais sensível com seus dedos experientes e explorava sua pélvis úmida e quente.
- Eu serei o primeiro? - Nik sussurrou, voltando-se para ela para retirar sua calcinha.
Com dificuldade, ela o encarou e foi sacudida pelo desejo de dizer-lhe que não, ele não seria o primeiro, mesmo que esta fosse a mais terrível das mentiras.
Conforme o silêncio se alongava, a tensão se espalhou pelo corpo musculoso de Nik. Será que ela já tinha estado com outra pessoa?
Ela ficou com o olhar preso no belo rosto moreno de Nik e seu coração disparou. Ela percebeu que não conseguiria mentir para ele.
- Sim, você é o primeiro."

segunda-feira, 13 de julho de 2009

Princesa Margarida




Minha avó, ao contrário de mim, detesta os livros e os papéis velhos do meu avô. Eu entendo que ela seja alérgica a poeira e que o vovô realmente ocupa quase todo o espaço disponível ou não, mas jogar fora algumas preciosidades contidas ali faz meu coração doer.

Quando chego à casa dos dois e ela começa a discursar má humorada sobre o excesso de livros e revistas apenas troco um olhar cúmplice com meu avô e a deixo falar sem realmente escutar, se ela espera que eu a apóie nessa idéia meio absurda pode esperar sentadinha!

Outro dia cheguei lá e vi uma lista de livros poeirentos empilhados. Passei os olhos rapidamente e achei um exemplar original de Freud - "Inibições, Sintomas e Angústia", encapado, relativamente novo e com as páginas branquinhas, no mesmo segundo me apossei.

Quando ia dar as costas aos livros alguma coisa me impediu e eu voltei os olhos novamente, foi aí que o percebi!

Lá estava o livro amarelo de tão velho, muito grosso com um nome não muito sugestivo: "Princesa Margarida" de Judith Krantz. Dei uma olhada na contracapa que diz:

"A história inesquecível de uma mulher de deslumbrante beleza, nascida em berço de ouro, mas obrigada a lutar arduamente pela vida. Um romance apaixonante, envolvente, erótico, sobre uma jovem criada em um mundo de conto de fadas que os imprevistos do destino obrigam a enfrentar o desafio de uma vida de trabalho - e que revela uma força extraordinária para criar, amar, sofrer e, principalmente, proteger a qualquer preço um segredo terrível
."

Prontamente passei a mão na obra e com a autorização do vovô trouxe os dois pra casa. Ontem, num momento de estresse entre os relatórios que tive de passar a semana aprontando peguei o livro pra descontrair e não consegui mais largá-lo! Utilizava meia hora pra dar continuidade ao meu trabalho e um hora e meia pra ler tal livro.

A autora fala muito mais do que da Princesa, ela nos joga numa teia intricada de relações da nobreza russa, dos costumes de uma época aristocrática riquíssima e ostentosa, do luxo dos jogos de pólo, dos playboys sedutores, dos encantos das musas hollywoodianas, de uma Europa cheia de contrastes sociais, que se dividiam entre os que mandavam e os que obedeciam.

Rússia, Suíça, Inglaterra, França, e finalmente Estados Unidos, lugares onde a princesa Margarida viveu, sofreu e finalmente foi feliz.
Apaixonamos-nos por essa princesa diferente à medida que a observamos crescer diante as adversidades. Apaixonamos-nos também por seus amores, e Pat, ah, Pat! [suspiros] Só lendo pra entender!
Pra quem gosta de homens decididos, mandões, poderosos e que não aceitam um não, Pat é o paraíso.


Enfim, apesar de um leve desconforto no nariz ao fim da leitura, valeu à pena ler cada uma das 512 páginas amareladas e poeirentas sobre a origem e a vida de Marguerite Alexandrovna Valensky, sua irmã gêmea Danielle, e seu meio-irmão mais velho e opressor, Príncipe George, e todas as conseqüências do nascimento dos três.
Nota: 10!

quinta-feira, 9 de julho de 2009

Muito novo para casar?

Gente!!!!! Não acreditem quando um homem diz: sou muito novo para casar! Isso é desculpa furada! O Pato tem apenas 19 aninhos e casou com a Stephany! Olhem que fofos:

Se bem que... Tá certo que ele é rico, e que é tudo mais fácil... Mas mesmo assim, eu achei eles fofos!

terça-feira, 7 de julho de 2009

Novo amor!


Gente, sonhei com um personagem novo - abandonei a outra história que escrevia - pq nao resisti a essa carinha lindaaaaaa!!! É assim que eu imagino o Felipe, meu novo personagem!

domingo, 5 de julho de 2009

Amor X Pressa


Pegando uma carona na dica de filme da Tânia ("Ele não está tão a fim de você" - que eu ainda não vi, por sinal) lembrei de um texto que a minha amiga Marcella me enviou a uns meses, que fala dessa urgência que por vezes temos de estabelecer relacionamentos profundos em tempo mínimo, de investir nosso esforço em casos que estão fadados ao fracasso, pura e simplesmente por carência.


"Temos pressa pra ouvir "EU TE AMO". Não vemos à hora de que fiquem estabelecidas as regras de convívio: Somos namorados, ficantes, casados, amantes?
Urgência emocional. Uma cilada.
Associamos diversas palavras ao AMOR: paixão, romance, sexo, adrenalina, palpitação.
Esquecemos, no entanto, da palavra q viabiliza esse sentimento: PACIÊNCIA. Amor sem paciência não vinga. Amor não pode ser mastigado e engolido com emergência, com fome desesperada. É preciso degustar cada pedacinho do Amor.
Mas não!
Temos urgência.
Queremos a resposta do email ainda hoje, queremos que o telefone toque sem parar, queremos que ele(a) se apaixone assim que souber nosso nome, queremos que ele(a) se renda logo após o 1º beijo e não toleramos recusas, não respeitamos dúvidas, não abrimos espaço na agenda pra esperar.
Pobres de nós, que só queremos uma coisa nessa vida: sermos AMADAS.
Atiramos pra todos os lados e somos baleados por qualquer um. E o coração leva um monte de pontos por causa dessa tragédia chamada PRESSA."

Desconheço o autor

Não é óbvio o que o sábio autor (ou a sábia autora) quer dizer? Carência espanta as pessoas, não atrai. Necessidade de amor chuta o dito cujo pra longe. Pressa produz sofrimento.

Quantas vezes lemos frases aparentemente bobocas e não damos valor? Ou lemos, mas não apreendemos o sentido?

Aquela "batida" frase das borboletas de Mário Quintana diz tudo: "O segredo é não correr atrás das borboletas... É cuidar do jardim para que elas venham até você."

Nada mais verdadeiro. Quem são os caras dos filmes (e mesmo da vida real) pelos quais a gente se apaixona? Os bem sucedidos, independentes, populares, que agregam pessoas em torno de si, não os carentes, dependentes, e chatos, que só afastam.

Apaixonamo-nos por pessoas que nos acrescentam, que nos enriquecem, que enxergam o nosso melhor. E é isso que eles também querem, mulheres que se amam em primeiro lugar, se valorizam, que são felizes com elas mesmas, que os enriqueçam (não no sentido monetário, lógico).

Aí vocês me dizem: Mas isso é tão difícil!, ou: É tão ruim ficar sozinha!
Por que será? Por que é tão complicado tirar o foco do outro e voltar para si? O que eu tenho de tão ruim que não suporto ficar comigo mesma? Por que eu preciso tanto de alguém do lado pra me sentir inteira? Pra ser feliz?

Essa resposta cabe a cada uma responder, individualmente. Depois de uma intensa e provavelmente longa reflexão.
Porque sim, é mesmo difícil ficar sozinha, dói. Mais dói principalmente porque acreditamos que somos uma panela em busca da tampa, meia laranja em busca da sua outra metade, e isso é a maior besteira que já nos ensinaram. Não existe alma gêmea. Não existe príncipe encantado. Não existem "Darcy's" por aí.

Existem sim, homens imperfeitos como nós, problemáticos como nós, de carne e osso, reais. Homens que também se sentem sozinhos, homens que também querem um cobertor de orelha, uma paixão, um amor, uma amante, um caso, uma esposa, uma mulher.

Mas os homens, com razão, fogem de mulheres-ciladas, mulheres que apostam todas as suas fichas neles e quando as coisas não dão certo ficam sem chão e sem saber como se reerguer.
Colocamos nossas culpas neles: na traição, na saída com os amigos, nas amigas deles, no futebol, na sogra, etc. e nos esquecemos da nossa culpa, da nossa doação incondicional, da nossa neurose, do nosso ciúme, do nosso grude, da nossa CARÊNCIA.

O amor chega quando menos esperamos, quando nem estamos pensando nele, muitas vezes quando nem estamos precisando dele. Não é nada mágico, nada sobrenatural, nada químico. O amor é atraído pelo amor, pela beleza de sentir-se feliz com o que se tem. Na felicidade das coisas simples da vida, não numa busca desenfreada pelas casas noturnas. Não nos carnavais dentro e fora da época onde se beija a tudo e todos.

A prova cabal disso reside no seguinte fato: Quem nunca estava namorando, feliz e saltitante quando de repente deu de cara com outro cara a fim de você? Ou outros caras? E aí quando o namoro acaba, por mais que você queira não aparece ninguém? Elementar minhas caras amigas, quando estamos bem isso fica escrito na nossa testa, no brilho dos nossos olhos, no nosso sorriso, no nosso humor, na alegria de viver. E como eu disse antes, isso atrai outras pessoas como abelhas em volta das flores.

O amor não se testa, não se procura, não se acha. O amor simplesmente chega de mansinho, às vezes nem se percebe que ele está ali, mas ele está, e se for regado com carinho, paciência e compreensão ele floresce e cria raízes fortes e seguras.

E pode ser também que um dia ele acabe, mas os frutos estarão sempre na nossa lembrança, tornando sempre vivos os bons momentos de outrora, e servirão de adubo natural para o surgimento de outro amor... =]

Então amigas, o segredo é: Respirar fundo, contemplar e investir na mulher que vocês são antes de tudo!

[Imagem de: http://iperosa.blogspot.com/]

sábado, 4 de julho de 2009

Dica de filme: Um casal quase perfeito 3

Esse eu vi hoje a tarde, e achei tão bonitinho! Bom, como eu adoro romance e também adoro patinação, então acho a mistura perfeita.
O filme é bem água com açucar do tipo sessão da tarde - não esperem nenhum enredo maravilhoso - mas eu adorei.
*****
Sinopses
por NetMovies
O patinador Zack Conroy é um competidor brilhante, mas perigoso, pois ignora todos os riscos em sua busca pela perfeição. Quando sua parceira e ex-namorada se machuca em uma queda devastadora, Zack precisa encontrar um novo par. Entra em cena a linda Alexandra Delgado, uma jogadora de hóquei durona, cujo talento bruto só é superado pela sua paixão e força de vontade. Há um choque de temperamentos e as fagulhas voam para todos os lados, tanto dentro quanto fora das pistas de gelo, pois a dupla improvável parte em busca de um sonho impossível na história dos campeonatos mundiais. Nessa rota, eles descobrirão que mais perigoso do que patinar é se apaixonar.

O Ator Matt Lanter é novinho, mas é bem bonitinho.

Dica de Filme: Northanger Abbey

Eu amo esses filmes de época, acho tão romântico!
A Catherine é tão inocente e o o Henry Tilney é tão fofinho!
Última cena do filme:

video

Qual é o mais bonito? - enquete

Gente, vou fazer uma enquete colocando os atores lindos que eu imagino como os meus personagens, para ver qual vocês acham mais bonito.
*
1 - Bernardo - de Bel e Bernardo - Hugh Jackman


2 - Roger - de Fantasia - tinha que ser o Brad Pitt mais novinho


3 - Pedro - Doze Verões - Thiago Rodrigues
4 - Ivan - de A Força de Anita - Gianechinni
5 - Matheus - Outra Chance - Matthew Mcfadden
6 - Rodrigo - Outra Chance - Rodrigo Lombardi

Descobri a altura do Rodrigo!

Gente, confesso que nunca vi um capítulo sequer da novela Caminho das Indias (não vejo novelas!), mas que eu sou apaixonada-tarada pelo Raj!!! Toda vez que eu o vejo fico que nem uma retardada, de boca aberta, babando por ele na frente da televisão.
Obs:Ainda bem que o meu marido não tem ciúmes de atores, nem de personagens. Por que eu simplesmente me apaixono muitoooo pelos personagens.
*
Ah, então devo dizer que tinha pesquisado muitoooo no google, por que queria saber a altura dele, e não tinha encontrado em lugar nenhum. Coisa de mulher curiosa, eu sei, mas todo personagem de romance que se preze (pelo menos os que eu gosto!) tem que ser alto, moreno, rico, apaixonado, e etc... Como o RAJ!!!
*
Ah, não me decepcionei: ele tem 1,84metros!!!
***
Ah.... E não era apenas uma mera curiosidade, mas é que eu imagino o meu personagem Rodrigo de Outra Chance a cara do Raj, então queria saber a altura dele para poder imaginar melhor (risos!). E ele não é lindo???

Dica de filme: Ele não está tão afim de você

Eu achei esse filme bem interessante e explicativo. Por exemplo: as mulheres sempre arranjam mil e uma desculpas para o cara não ter ligado, mas se o homem quer, ele faz acontecer!
***
O desejo de uma das personagens para arranjar namorado chega a dar pena. Ela se esforça tanto, e seu desespero fica tão evidente, que os caras acabam fugindo dela. E isso me dez pensar que muitas mulheres agem realmente asssim: quem não conhece alguma mulher linda, inteligente, mas que está sempre sozinha?
***
Obs: Morri de raiva daquele cachorro-traidor-casado!!! Afff! A cena do escritório! E a mulher ficando com raiva por causa do cigarro!!! Não vou explicar, tem que ver o filme para entender.
***
Confesso que tive dificuldades de ver o ator Justin Long como galã romântico, depois de ter assistido o filme "Olhos Famintos". Apesar de tê-lo visto há alguns anos, ainda tenho na cabeça a imagem dele sem os olhos.

Viciada em Lynne Graham

Me viciei nos livrinhos de banca dessa escritora, e por enquanto o citado ai em baixo é o meu preferido. - Com o Francês Christien!!!
Dica: http://www.orkut.com.br/Main#Community.aspx?cmm=5452778
Na comunidade do orkut Lynne Graham tem várias histórias postadas.

quinta-feira, 2 de julho de 2009

Dica de Leitura - Em seus braços, para sempre.


Dei uma olhadinha e essa tradução não me parece muito boa, eu li o livro mesmo.
****
- Essa é uma cama de casal... Com quem você planeja dividi-la? - inquiriu Christien, sem aviso prévio.
(...)
- Se você vier morar na região do Duvernay, haverá somente um homem na sua cama, esse homem serei eu... tu comprends?
Em espanto furioso, Tabby se endireitou para enfrentá-lo.
- Você perdeu o juízo?
***
Mon Die! - sim, ele é francês! Cristien é sexy, ciumento e possessivo, no fiel estilo machão. Eu, pelo menos, adorei!
***
- Faça amor comigo agora, louca e apaixonadamente - ela sussurrou.
- Vadia... (eu ri nessa parte!) - Christien murmurou, cheio de desejo, e a carregou nos braços até a cama da suíte do avião, mal conseguindo andar de tanto rir.
******

De 1 a 5 estrelinhas, esse ganha 4 no meu conceito.

Louca por ti Corinthians!!


Corinthians Campeão da Copa do Brasiiiiiiiiiiiiiiiiiiiiil!
Rumo a Libertadores!!

=]

Tô muuuito feliz! Amanhã escrevo mais pois estou caindo de sono!

Meus sentimentos a minha amiga Tânia companheira de blog! Vai ter que aguentar o marido de mau humor por causa da derrota! Sorry =p

Foto[Marcos Ribolli]: Taça da Copa do Brasil com o vermelho do Inter ao fundo!