sábado, 8 de maio de 2010

Eu pego esse homem! - Valerie Frankel



Sinopse:
Aos 23 anos, Penny Bracket vive a pior experiência de sua vida: minutos antes do casamento, recebe um bilhete de seu noivo Bram terminando tudo. Enquanto Penny se consola no ombro de sua melhor amiga e a organizadora da cerimônia tenta salvar o que pode da recepção, sua mãe Esther não perde tempo. Sobe até a suíte nupcial e, ao flagrar Bram fazendo as malas, acerta sua cabeça com a garrafa de champanhe que estava à espera dos pombinhos e o seqüestra. Será que Bram conseguirá escapar, e com vida? Será que Penny descobrirá que ele está preso no sótão de sua casa? E, se encontrá-lo, se aliará à mãe na vingança ou acabará perdoando ex-futuro-noivo?
**
Gente, eu adorei! Pela originalidade da história vou colocá-lo entre os meus preferidos: os livros que eu dou cinco estrelinhas.
*
No início a gente fica com muita raiva do Bram, então sinceramente eu não condeno a Ester por ter dado, num impulso, uma garrafada na cabeça dele. O Bram foi covarde! E ao meu ver mereceu a garrafada.
*
Mas daí então, sem saber o que fazer com esse Bram inconsciente, Esther o leva para sua casa, o tranca num quarto e o mantém prisioneiro, monitorado por câmeras! E sabe qual é a tortura? Ele deve comer! Comer muito! Porque ela fica empanturrando-o com a comida do buffet! Uma comida que ela pagou horroroses a toa e não tem onde estocar!
*
Imaginem... Bram mantido prisioneiro e a Penny, a noiva, morando nessa mesma casa e não fazendo idéia disso. E outra... Nesse meio tempo a Esther se envolve com o pai do noivo! Com o pai do homem que ela mantém preso do quarto de brinquedos! Ester se apaixonda e suas saídas com ele têm direito a muitas mentiras e até a castiçal na bolsa, por que vai que ele descubra? Daí Esther predente golpeá-lo também. Gostei bastante do Keith, o pai do Bram. Adoro homens inteligentes.
*
Sério! É todo mundo doido nessa história! Todo mundo mesmo! A governanta russa Natasha parece que tem tendências assassinas. A melhor amiga de Penny, a Vita, também é meio pirada. A saída das duas (Penny e Vita) no shopping envolve coleiras de cachorros no pescoço e maquiagem como: esmalte preto e lápis de olho de cachorro e gloss para gengiva canina! hahahahahaha E o personagem mais louco de todos, a gente só descobre no fim. E eu não vou contar aqui para não perder a graça. - :D
*
O Livro é ótimo! Hilário, criativo e envolvente! A gente começa a ler e não consegue mais parar, até pelo inusitado da história. Porque chega uma hora, quando a gente lê muito, que tudo parece parecido, mas essa história não.
Eu adorei e recomendo!
**

Um comentário:

  1. O link não funciona. Tem como mandar por e-mail, por favor? Obrigada

    ResponderExcluir